1. Receio envelhecer, olhar para a minha vida e perceber quanto tempo perdi. Estou com medo de me arrepender de não ter viajado na escola naquele verão ou de não ter frequentado o estágio na Austrália porque tinha medo de mudar.

2. Tenho medo de envelhecer e desejo ter realizado mais do que meus 20 ou 30 anos poderiam suportar. Que eu aprendi mais, viajei mais, sonhei mais e consegui mais.

3. Tenho medo de olhar no espelho e ver um rosto enrugado e um corpo milenar que é incapaz de viajar pelo mundo ou ficar acordado durante a noite e dançar até o sol se pôr.

4. Tenho medo de não ser mais aquela garota bonita, aquela com o brilho nos olhos que acende toda vez que ela sorri. Perderia o brilho nas bochechas, a seda do meu cabelo e a pele macia que eu já apreciei.

5. Tenho medo de envelhecer e ficar sozinho por causa dos ressentimentos que mantive, dos amigos que afastei e das pessoas a quem me recusei a abrir meu coração.

6. Receio que um dia, enquanto estou passeando nas ilhas do supermercado, verei o cara que recusei ou o cara cujo coração eu havia quebrado, com uma linda esposa e dois filhos gritando. Eu perceberia o que desisti tolamente.

7. Receio que um dia acorde e as pessoas que amei não estejam mais lá. Tudo o que restaria seriam lembranças de minha mãe, minha irmã e minhas amigas de infância, e eu teria que aceitar o fato de que nada dura para sempre.

8. Tenho medo de envelhecer e passar minhas noites desejando ser jovem novamente. Que eu tinha tanta força, agilidade e tempo. Que eu poderia parar de reclamar todos os dias sobre pequenas coisas e realmente entender a inevitabilidade de envelhecer.

eu sou paranóica ou ele está traindo

9. Receio envelhecer e ser indesejável. Que os homens que eu já teria encantado me passariam direto. Que eu seria simplesmente uma sombra do meu eu anterior, desejando que o passado eu passasse mais noites se beijando, fazendo amor e experimentando os prazeres simples que o mundo tinha para oferecer.

10. Receio que, por estereotipado e possa parecer, eu seria atingido por algum tipo de doença ou depressão e não conseguiria ver o revestimento prateado. Receio ser covarde por temer o sofrimento e a dor que podem surgir com o passar dos anos.

11. Tenho medo de desejar tratar melhor meu corpo. Que eu comi mais saudável me exercitei mais e enchi minha vida com uma loja secreta de jovens que eu poderia chamar nos meus últimos anos.

12. Receio perder a memória e todas as experiências maravilhosas e inimagináveis ​​que tive, de repente se afastaram como tentáculos de fumaça da minha mente e não tenho nada para chamar de meu.

o que assusta os homens

13. Tenho medo de ter muito medo de ser amarrado e com muito medo de me comprometer a perder o único bom relacionamento que tive. E gostaria de não ter pensado que era tarde demais nos meus 30, 40 ou 50 anos para encontrar em mim o amor novamente.

14. Tenho medo de envelhecer e me odiar por me preocupar e ficar com raiva de pequenas coisas estúpidas que meu cérebro antigo nem consegue lembrar. E que eu só me lembraria das emoções que senti e do tempo que perdi sendo metade do que eu poderia ter sido.

15. Receio envelhecer e ficarei desapontado por não ter dito coisas importantes para as pessoas que mais importavam, por ter dito 'eu te amo' todos os dias e por não ter '. Não dormi sem resolver uma discussão. Porque finalmente entendi o quão importante as últimas palavras realmente eram.

16. Tenho medo de olhar para trás em fotos ou vídeos antigos e me perguntar como diabos eu pensei que era gorda ou que meus olhos estavam muito arregalados e meu sorriso estava muito torto. Eu gostaria de poder pular de volta naquela foto e dizer àquela garota que ela era linda.

17. Receio ter passado mais tempo retribuindo ao mundo, participando de eventos de caridade ou apenas fazendo algo para fazer a diferença ou deixar minha marca.

18. Receio amaldiçoar-me por desejar ter 13 anos quando tinha 10 ou 25 quando tinha 16, porque fui rápido demais para desejar 'liberdade', quando a liberdade estava bem na minha frente, embrulhada no meu juventude, mas eu era muito ignorante para vê-lo.

19. Receio que gostaria de ser mais grato pelas coisas ao meu redor, pelas bênçãos pelas quais nunca disse obrigado, pelas pequenas lembranças e pelas risadas que surgem uma vez na vida.

20. Receio que, mesmo depois que todos esses medos sejam declarados abertamente, ainda continuarei discutindo, deixarei passar as oportunidades, me recuse a ver o lado positivo, me afaste de um bom relacionamento e deixe ainda mais tempo passar por mim.