Eu tento ser uma boa pessoa. Tente sorrir para estranhos, dar meu dinheiro a pessoas carentes, ser aberto e aceitar perspectivas que não são minhas. Eu tento virar minha bochecha, segurar minha língua em vez de atacar, viver com um coração gentil em vez de maldoso. Eu tento permanecer positivo, rezar, pensar nos outros antes de mim.

Mas nem sempre sou bom em ser bom.

Às vezes eu minto. Às vezes, digo às pessoas coisas que sei que elas querem ouvir, e não a verdade. Às vezes, ignoro uma situação em que sei que deveria me envolver, mesmo quando dói. Às vezes sou egoísta ou passo pelo sem-teto na esquina, implorando por qualquer troco.

traindo com ex

Às vezes, coloco a frente como se fosse um grande cristão, como sou incrível em fazer o que Deus quer que eu faça, que coloquei totalmente minha fé nele e nunca questiono ou duvido.

Mas a verdade é que estou longe de ser perfeita.

A verdade é que eu juro. Eu fofoco. Eu questiono o Seu propósito e plano para a minha vida. Às vezes eu bebo demais, ou rezo e me pergunto se Ele está ouvindo. Às vezes, passo semanas sem abrir a Bíblia ou fico preguiçoso e durmo no domingo em vez de ir à igreja. Às vezes eu falo a conversa, em vez de realmente viver à Sua luz. Às vezes, faço de minhas necessidades o centro de tudo e esqueço de ir até Ele até que haja algo que eu queira.

Às vezes eu realmente sou péssima em ser cristã.

Mas a coisa mais bonita sobre você, meu Deus, meu Pai, meu Salvador, é que mesmo em todas as trevas - até as trevas do meu próprio coração - você traz luz.

chamadas 911 mais assustadoras

E mesmo quando estou tão longe da perfeição, você me ama mesmo assim. Você me dá cura. Você me traz novos começos. Você me mostra que nunca estou longe do seu alcance. E você me guia de volta para você.

Deus, eu sei que posso ser terrível. Eu sei que decepcionei as pessoas. Eu sei que estrago tudo. Eu sei que às vezes eu quebro seu coração com meus hábitos pecaminosos e maneiras egoístas. Mas ainda assim, você me perdoa. Ainda assim, você me ama. Ainda assim, você me lembra quem você é e quem eu sou em você. Obrigado.

Obrigado por me colocar de pé quando estou caído. Obrigado por enviar seu filho para morrer por mim. Obrigado por suas palavras encorajadoras e braços fortes, alcançando-me, levantando-me do quebrantamento. Obrigado por sua orientação. Para o seu ouvido.

Obrigado por estar aqui por mim nos dias em que estou tão longe da sua presença e por me mostrar que posso ser perdoado e começar de novo.

Estou tão longe da perfeição. Eu cometo erros repetidamente, mesmo quando eu sei melhor. Eu escuto, estudo e foco em viver como você e, ainda assim, escolho o caminho errado. Mas você me ama mesmo assim.

Você me aceita como sua filha, como seu filho, como sua criação pecaminosa e bonita e me faz brilhar mesmo quando sinto que estou presa nas sombras. Você me ajuda a sorrir, mesmo quando tudo que eu quero fazer é ter pena de mim mesma e enterrar minha cabeça na areia.

Obrigado por me amar. Obrigado por me amar, apesar das minhas falhas, apesar dos meus pecados, apesar de todas as maneiras que eu não vou e nunca vou medir com a sua perfeição. Obrigado por me dar uma segunda chance, uma terceira chance, uma terceira milionésima chance de começar de novo e por me amar incondicionalmente.

Eu sei que sou péssima nisso, Deus. Eu sei que continuo falhando. Eu sei que nunca serei a filha perfeita que você quer que eu seja, mas estou tentando. E eu sei que você vê isso. Obrigado. Obrigado por me amar. E, por favor, incentive-me quando estiver abaixo. Me dê esperança quando me sentir fraco. Direito meu caminho quando eu começar a vagar novamente.

caminhão grande pau pequeno

Traga-me de volta para você.