Estou aprendendo lentamente como deixar de lado o que não significa para mim. Estou deixando as pessoas saírem da minha vida quando devem sair e não estou mais correndo atrás delas. Estou vendo como, quando uma porta se fecha, outra se abre. Não estou mais batendo nas portas fechadas sem deixar nada para trás.

Estou aprendendo que, às vezes, não há problema em receber finais. Estou deixando de lado alguém e qualquer coisa que não pretenda permanecer parte da minha vida. Estou deixando de lado o antigo para dar espaço ao novo.

Estou aprendendo a confiar em mim. E quando algo não parece certo. então provavelmente não é. Estou aprendendo a confiar em meus instintos porque vê coisas que ainda não posso. Estou deixando meu instinto e intuição me levar na direção certa.

minha casa é com você

Estou aprendendo a abandonar velhos relacionamentos dos quais cresci. Estou deixando de lado as pessoas que não contribuem mais para o meu bem-estar. Estou aprendendo que, quanto mais tempo eu continuo segurando as pessoas erradas, mais tempo levo para eu segurar as pessoas certas. Estou aprendendo a nutrir totalmente meus relacionamentos com todas as almas vibrantes e positivas da minha vida. Os que me inspiram e me levam a ser a melhor versão de mim mesmo que eu possa ser.

fazer e não fazer no primeiro encontro

Estou aprendendo lentamente como abrir mão de tudo e qualquer coisa que não seja para ficar longe da minha vida.

Estou deixando de lado a negatividade e substituindo-a pela atenção plena. Estou usando quaisquer pensamentos negativos como minha motivação para sempre espalhar positividade onde quer que eu vá na vida.

Estou deixando de lado a maldade e substituindo-a pelo perdão. Não guardo mais ressentimentos e me apego a sentimentos amargos que envenenam meus pensamentos há tanto tempo.

Estou dando um passo atrás nas coisas que não servem mais a um propósito em minha vida. Estou me afastando de qualquer situação tóxica e doentia da qual não preciso mais participar. Estou me deixando deixar ir pela mágoa e pela dor que carrego por todos esses anos. E estou lentamente me permitindo curar, não importa quanto tempo isso leve.

mensagens agressivas passivas

Estou aprendendo a fazer o que diabos me faz feliz. E parar de viver minha vida de uma certa maneira para agradar aos outros. Estou apenas fazendo coisas que me trazem mais felicidade na vida e não vivo mais para satisfazer qualquer outra pessoa.

Estou deixando o controle. Estou aprendendo como simplesmente não consigo controlar tudo o que acontece comigo na vida. Estou deixando o universo trabalhar sua mágica em mim. Estou deixando as coisas acontecerem por conta própria e não estou mais forçando as coisas a permanecerem juntas quando elas estão destinadas a desmoronar.

Estou deixando de lado a dúvida. E estou substituindo-o pelo crescimento pessoal. Estou aproveitando minha própria luz positiva. E me cercando de qualquer coisa que me empurre para me tornar uma pessoa melhor.

Estou deixando de lado o ódio. E críticas. E quem me disser que não sou bom o suficiente para alguma coisa. Estou aprendendo que o único crítico que devo ouvir é eu mesmo. E não vou mais permitir que as opiniões dos outros poluam minha mente. Estou deixando a pessoa que pensei que seria ontem e começando a comemorar quem sou hoje.