Se me pedissem para definir você,
Eu não teria uma resposta.
Existem algumas coisas que seu corpo simplesmente sabe,
seu coração apenas reivindica,
sua alma apenas entende.

É o que eu diria filosoficamente,
como se eu tivesse todas as respostas.
Mas sinceramente não sei como explicar
mãos que ambos berço
e enviar arrepios na espinha.
Uma boca macia
ainda feroz. Olhos que vêem por dentro
da minha mente e me fazer esquecer
o chão em que estou.

Se eu fosse para definir você,
Eu diria que você é quieto
de uma tempestade, quando o mundo espera
com antecipação para o trovão rolar novamente.
Eu diria que você é estático em uma sala
ou a trégua em uma música, pouco antes do refrão,
paciente, mas pesado, dramático.
Eu diria que você é um beijo de verão
ainda molhado nos meus lábios.
Elétrico. Tonto. Fugaz.

Sim, se eles pediram para definir você,
Eu diria que você gosta das coisas mais bonitas.
Entendido completamente depois que eles se foram.