Hoje, novamente, eu me escolho. Meu próprio orgulho. Meu próprio respeito próprio, meu próprio bem-estar.

Eu escolho não me preocupar com o que eles vão pensar. Eu escolho não me preocupar em decepcionar ninguém. Eu me escolho.

Depois de provar o bem que você merece, uma vez que você foi amado como merece ser amado, depois de ter sido tratado como merece ser tratado, você deve escolher a si mesmo. Independentemente de quem parar de falar com você no processo, independentemente de quantos amigos ou entes queridos você corre o risco de perder. Não há outra maneira de você viver. Você não pode se escolher.

Então, num piscar de olhos, sem um momento de dúvida, eu me escolho.

Eu me escolho porque sou precioso. Eu me escolhi porque mereço ser escolhido.

Eu escolho me amar, mesmo quando me odeio. Eu escolho nunca fugir ou me esconder de mim mesma. Eu escolho falar a minha verdade com calma, mas com firmeza. Toda vez que abro a boca para falar sobre algo que está me incomodando, eu me escolho.

Toda vez que eu não atendo esse telefone, porque não quero falar com uma pessoa do outro lado da linha, eu me escolho.

festa de bêbados

Eu me escolho sempre que paro um momento para descansar em vez de sair. Eu me escolho sempre que me perco no deserto. Eu me escolho sempre que pego um novo livro. Eu me escolho sempre que decido andar em vez de dirigir. Eu me escolho sempre que digo em voz alta o que quer que surja em minha mente.

Eu me escolho porque meus pensamentos merecem ser ouvidos. Não porque eu acho que eles são melhores do que os outros, mas porque eu respeito a mim e a minhas opiniões. Sempre que você acha que estou sendo mau com você, perceba isso: você não está na equação. Eu me escolho.

música sobre vaginas

Eu me escolho sempre que me recuso a fazer um favor a você, porque isso me incomodaria ou me causaria danos. Eu me escolho sempre que recuso educadamente o seu convite. Eu me escolho.

Eu me escolhi porque é a única maneira que sei que posso confiar em mim.

Eu me escolhi porque me amo. Eu me escolhi, porque a pessoa imperfeita, ocasionalmente sarcástica e um tanto neurótica que sou, merece ser reconhecida.

Eu escolho a mim mesma, porque sei que um dia vou embora. Eu me escolho porque quero ir embora quando estiver morto. E nem um momento antes disso.
E sabe de uma coisa? Quando você começa a se escolher, sua vida se torna mágica. Você atrai pessoas que escolhem você também. Você vive facilmente e sem luta. Você para de pensar demais. A ansiedade desaparece.

Não confie em mim nisso. Tente. Escolha a si mesmo uma vez e logo não conhecerá outra maneira.

Escolha você mesmo.