Algo dói dentro de mim, mas não consigo descobrir exatamente onde ou o que é. Cada parte do meu corpo dói; meu estômago está revirando e sinto vontade de vomitar, meu coração está batendo mais devagar, minha cabeça grita e minhas pernas ficam mais fracas, não consigo me manter ereta. Meus olhos começam a doer porque está se afogando nas lágrimas que continuavam caindo. Eu não quero chorar, então mordo minha língua para desviar a atenção. Eu me sinto exausto.

Estou sendo muito carente se quiser mais do que isso? Quero mais do que datas depois do turno. Quero datas de surpresa, não precisa ser extravagante, só precisa ser ele e eu. Quero flores ocasionais, não precisa ser um buquê, apenas uma peça serve. Quero textos tarde da noite sobre coisas sem sentido, pequenas brigas que não são nada sérias, mensagens matinais assim que ele acorda. Quero que ele me conte como foi bom ou ruim o dia dele. Quero ser a primeira pessoa a conhecê-lo e parabenizá-lo quando algo de bom acontecer.

Quero abraços apertados, quero que ele agarre minha mão na frente de todos, me beije na bochecha quando não estou olhando, me beije nos lábios quando estiver falando demais, me agarre na minha cintura quando outro cara está olhando, para me abraçar quando estou prestes a chorar, para me dar um beijo de despedida na testa.

definição de pessoas difíceis

Quero algo mais do que datas casuais de filmes, quero ver a última exibição, correr e pegar pipoca e bebidas, conseguir o melhor lugar, ler os créditos. Eu quero falar sobre a vida, objetivos e sonhos. Eu quero algo mais sério. Estou exigindo demais para perguntar isso? Não estou pedindo um relacionamento se ele não estiver pronto, posso esperar, mas acho que mereço uma garantia.

Eu mereço algo mais do que casual, eu amo vocês, quero o genuíno. Eu quero fazer falta, ser procurado, ser cuidado. Eu quero ser a mulher que ele se orgulha de ter, não a que ele está escondendo. Eu quero que ele ame tudo de mim, não apenas uma parte de mim. Eu mereço ser mais do que uma chamada semanal de saque. Quero noites de abraço e cinema, quero que ele se contente em ficar comigo e não me fazer. Quero beijos que durem e não levem a fazer amor. Eu quero respeito

amantes lésbicas de batom

Eu acreditei nele quando ele me disse que me ama mais do que eu, que ele não vai embora, não se cansa, que é diferente. Eu confiava nele e era estúpido.

Eu sabia que ele apenas gostava da minha companhia, sabia que ele sairia quando eu me tornasse chata e sem graça. Eu sabia que ele não ficaria. Mas eu escolhi ser estúpido, escolhi ficar, escolhi amar. Mas estou ficando cansado.

Quero amá-lo mais, estragá-lo, dar-lhe tudo o que ele quer, fazê-lo feliz, tornar a vida confortável para ele. Quero abraçá-lo quando ele estiver triste, beijá-lo casualmente, porque, para surpreendê-lo mesmo quando não houver ocasião, visitá-lo quando estiver doente, comprar coisas para ele.

como ser bonita quando sua gordura

Eu o amo, mas é cansativo.

É exaustivo dar tudo o que posso e não receber a mesma quantia em troca. É cansativo amar alguém a quem você não tem certeza se ele sente o mesmo por você. É cansativo amar alguém que faz você se sentir inseguro e sem importância.

Não sou exigente, quero me sentir digno sem pedir, acho que mereço muito. É cansativo dar tudo de si a alguém que não dá o mesmo esforço. É cansativo correr atrás de alguém que não quer ficar. Mereço algo mais do que sua frieza, sua raiva e seus pedidos intermináveis.

Talvez você me amasse, mas não agora. Porque você não faz isso com alguém que ama.

Quando você ama alguém, diz a ela que não espera que ela pergunte.

Eu te amo, mas estou tão cansado de te amar.