Eu te perdoo por ser imperfeito. Ser imperfeito é um lembrete de que você é um ser humano defeituoso, um belo acidente neste mundo longe de ser perfeito.

Eu te perdoo por não me dar o amor que eu mereço. Sou uma pessoa amorosa e posso ser amada do jeito que sou.

Eu te perdoo por não saber melhor. Por distorcer a verdade em mentiras. Por me aceitar como garantido. E por me deixar doer com toda a dor que paira em meu coração toda vez.

Eu te perdoo por cometer um erro. Sei que o que você fez estava errado e não mereço a maneira como você me tratou. Você é humano e é propenso a erros e tudo bem.

Perdoo-o porque, apesar de tudo, sei e vejo em meu coração que você é uma boa pessoa.

E é uma sensação agradável me libertar da dor, mesmo depois que você partiu meu coração.

Eu te perdoo porque eu te amo muito, e se eu não vou te perdoar, vou sofrer mais. Porque não consigo dormir bem se guardar esse rancor para sempre. Porque está pesado no meu coração. E porque quero parar de me atormentar.

como você esquece alguém que você amou

Eu te perdoo porque eu te amo. Não consigo parar de amar e não posso dizer ao meu coração que te odeio porque você me machucou. Isso é amor. É assim que o amor deveria ser.

Eu te perdoo por quebrar minha confiança. Levará algum tempo para reconstruí-lo e estou disposto a lhe dar outra chance. É verdade, sempre há algo tão esplêndido, tão abundante e doce nas segundas chances da vida.

Eu te perdoo porque escolho amar em vez de fechar meu coração. E porque eu quero que o perdão abra um caminho mais rápido para tornar este mundo um lugar bonito para se viver.

Eu te perdoo porque não fazer isso é difícil e doloroso. Estou disposto a largar o fardo.

Eu te perdoo porque não quero me aprisionar por pensamentos e emoções negativas. E quero que meu coração experimente essa centelha de felicidade cada vez que deixo você voltar.

Eu te perdoo porque sou humano. Amo você e amo a mim mesma. E não posso continuar te odiando enquanto o amor que temos é maior que eu.

E eu vou me perdoar por perdoar você.