O que é um empata e o que é um narcisista?

Os empatas colocam as necessidades dos outros antes das suas e são motivados por uma necessidade intrínseca de ajudar e curar a humanidade. Os narcisistas colocam suas necessidades em primeiro lugar e são motivados por seus próprios interesses e desejos dirigidos pelo ego.

Por que empatas e narcisistas são dois lados da mesma moeda?

O que empatas e narcisistas têm em comum é sua alta inteligência emocional. Os narcisistas têm alta empatia intelectual ou cognitiva, reconhecem e percebem como outra pessoa pensa e sente. Os empatas são ricos em empatia emocional ou afetiva, respondem emocionalmente à maneira como outra pessoa pensa e sente.

caso com minha sogra

Ambos têm a capacidade única de entender as motivações, necessidades emocionais e desejos internos das pessoas. Essa conquista intuitiva permite que eles saibam onde estão as vulnerabilidades e inseguranças de uma pessoa.

O que diferencia os empatas dos narcisistas é que, embora os empatas usem essas informações para tentar ajudar outras pessoas, os narcisistas usam esse conhecimento para obter ganhos pessoais. Às vezes, os empatas enfrentam os problemas de outras pessoas para encontrar soluções. Os narcisistas manipulam e abusam emocionalmente das pessoas para promover seus próprios interesses.

Por que empatas e narcisistas precisam um do outro?

você é melhor que isso

Empatas e narcisistas são atraídos toxicamente porque refletem os lados sombrios um do outro. Inconscientemente, projetam seus medos mais profundos no outro. Os empatas lutam com medos de rejeição, abandono e perda, enquanto os narcisistas lutam com medos de comprometimento, envolvimento emocional e vulnerabilidade.

Os empatas imaturos entram nesses relacionamentos, porque ainda não entendem como usar plenamente seu dom de empatia. Eles acreditam que amar os outros é a solução, sem cultivar nenhum amor próprio. Eles não têm limites e inconscientemente olham para o narcisista para estabelecer esses limites para eles. Eles devem aprender a se tornar emocionalmente independentes, desapegando-se objetivamente de suas emoções, antes que possam ter relacionamentos saudáveis.

Da mesma forma, os narcisistas são realmente empáticos inconscientes. Eles vivem a intensidade de seus sentimentos profundos por meio de empatia, pois não sabem como lidar com eles. Os narcisistas não nascem, mas são feitos de circunstâncias difíceis, de modo que perdem o contato com sua verdadeira natureza, condenando sua própria empatia como um inconveniente fraco, que deve ser controlado. Eles devem aprender a se tornar emocionalmente responsáveis, permitindo-se sentir suas emoções, antes que possam ter relacionamentos saudáveis.

Como empatas e narcisistas podem crescer a partir do relacionamento?

Para que os relacionamentos abusivos e co-dependentes funcionem, é preciso haver um desequilíbrio, tanto no agressor quanto no abusado. Se a vítima reconhecesse e estabelecesse limites, o abuso simplesmente deixaria de existir.

noivar aos 18

Se o empata se afastar pacificamente e se recusar a se envolver com o narcisista, essas emoções projetadas de rejeição são empurradas de volta para o narcisista. Se o narcisista entrar em contato com seus sentimentos, começará a lidar com a raiz do problema, em vez de simplesmente passar para outra vítima.

A chave da cura é mudar para um lugar de autoconsciência e autogestão, em vez de culpar um ao outro. A atenção plena e a aceitação do lado sombrio de alguém é o que transmutará essas emoções negativas em positivas, transformando o empata e o narcisista em 'Empatas conscientes', que podem usar produtivamente sua alta inteligência emocional para realizar seu potencial e contribuir com a sociedade.