Diante de você, afastei uma miríade de homens por razões bastante inexplicáveis. Limitei-me a limites imaginários que pensei que foram construídos para me proteger. Eu pensei que esses limites impediriam o meu dano. Eu pensei que, se eu evitasse encontros, mantivesse as coisas casuais e flertava apenas o suficiente (enquanto me impedia de cair), eu ficaria bem. Se eu não cruzasse nenhuma linha, minha vida seria ótima. Antes de você, eu tinha medo de cair.

Mas tudo isso mudou quando você veio. Havia algo que me fez sentir atraído por você, algo que não consigo explicar. Devem ter sido seus olhos sonolentos, seu sorriso caloroso ou provavelmente sua personalidade forte e convidativa.

No meio da troca de histórias e letras de músicas, eu estava subindo na ponta dos pés na direção da linha que evitei ativamente tantas vezes antes. Antes de você, eu estava com tanto medo de cair. Mas agora por sua causa, eu estou pronto. Não tenho mais medo. Posso dizer bravamente que caí.

Você continua me perguntando por que eu escolhi te amar, de todas as pessoas, quando eu poderia me apaixonar por outra pessoa. Por mais falador que eu possa ser, quando se trata de você, estou sempre sem palavras; Então fique comigo enquanto tento explicar por que me apaixonei por você. Eu me apaixonei por você porque com você tudo parece vir naturalmente. Não sinto necessidade de tentar impressioná-lo, porque você me aceita como eu já sou. Você está disposto a me amar por quem eu sou, não por quem eu era nem por quem eu poderia me tornar.

Você está disposto a me apoiar e me guiar em todas as decisões que eu tomar. Você mostra isso entendendo por que preciso adiar a noite toda, ouvindo incansavelmente todos os meus discursos repetitivos, suportando minha irritabilidade e me confortando quando deixo meus pensamentos comerem o meu vivo. Você constantemente me assegura que tudo ficará bem em breve, que tudo valerá a pena no final. Você aceita minhas peculiaridades e até as acha fofas (embora eu as ache realmente irritantes). Você escolhe me amar não só apesar dos meus defeitos, mas também por causa deles.

Você me ama por mim e espero que saiba que eu te amo por quem você é.

Eu amarei você e tudo o que você trouxer - seus medos, suas esperanças, seu passado, suas inseguranças, seus males e todas as outras partes de você que tem medo de mostrar a outras pessoas. As partes de você que são macias e precisam ser manuseadas com cuidado. Você não precisa ter medo de me apresentar aos seus monstros, vou tentar domá-los e lutar com você. Vamos lutar com eles juntos. Você pode me mostrar suas cicatrizes, não terei medo delas.
Já ouvi isso tantas vezes antes, mas só comecei a entender agora que tenho você - o amor tem tudo a ver com escolha, bem como tudo na vida.

E meu amor, eu escolho te amar. Sempre, apesar de tudo. Eu vou escolher te amar.