Todos nós temos nossas próprias lutas na vida, maneiras diferentes de como estamos destinados a crescer. É que algumas pessoas optam por não falar ou postar sobre isso, a mesma razão pela qual somos chamados a ser gentis e sensíveis o tempo todo ... A mesma razão exata pela qual o 'kumusta' de vez em quando é muito poderoso e edificante. Vamos reservar um tempo para reconhecer que todos temos nossas incertezas e momentos de desânimo que às vezes sentimos afogamento, aparentemente não há mais motivo para nos levantarmos do fluxo contínuo de água. Sentimos que não queremos mais conversar com ninguém, porque não há ninguém que possa nos entender, por mais que expressemos e expressemos isso em palavras. Sim, as pessoas passam por isso. Sinta isso - o que você está sentindo agora, porque fará com que encontrar o que quer que esteja faltando ainda melhor.

Há algo que podemos fazer por alguém, mesmo se estivermos passando por momentos difíceis também. Não precisamos comparar nosso presente com o passado de outra pessoa ou nosso passado com o presente de outra pessoa porque somos todos diferentes. Não sejamos cegos pelas coisas 'boas' que vemos, não sejamos surdos com as pessoas que querem ouvir nossa voz e lhes digamos que tudo ficará bem e não vamos ficar de boca fechada para todas as situações que aguardam por nossas respostas mais sinceras.

E lembre-se de que você não está sozinho. Você só precisa se abrir, permitir que seus corações sejam ouvidos, porque tudo o que precisamos é de alguém que possa ouvir e fazer com que sintamos que temos alguém ao nosso lado - que pode ser encontrado em qualquer lugar e, oh, apenas para que você ache que não há ninguém. correr, silenciar, ajoelhar-se, fechar os olhos, sentir o batimento do coração e fazer uma pequena oração.

As lutas são muito dolorosas apenas se permitirmos que isso seja doloroso para nos consumir lentamente. Não esqueçamos de ver sua beleza, de apreciar a luz na escuridão e de acreditar que há bondade na maldade.